Pesquisar:

Carregando...

sábado, 10 de novembro de 2012

Resolução SEE/MG 2197 - Organiza o funcionamento das Escolas

Nova resolução determina o funcionamento das Escolas Estaduais de Minas Gerais.

Clique aqui para baixar a Resolução SEE 2197 de 27/10/12

2 comentários:

  1. Alguns absurdos da Secretária de Educação de Minas Gerais, ANA LÚCIA ALMEIDA GAZZOLA quanto a RESOLUÇÃO SEE Nº 2197 de 26/10/12 publicada pela sua secretaria.
    ARTIGO 88 : OS PROJETOS E AÇÕES PROPOSTOS PELA UNIDADE DE ENSINO.
    Parágrafo único:
    A direção da Escola poderá buscar parceiros para desenvolvimento de suas ações e projetos junto a associações diversas, instituições filantrópicas, iniciativa privada, instituições publicas e comunidade em geral, propondo à Secretaria de Estado de Educação, quando for o caso, a assinatura de convênios ou instrumentos jurídicos equivalentes para viabilizar as referidas parcerias.
    SECRETÁRIA...
    È RESPOSABILIDADE DA UNIÃO, ESTADOS E MUNICIPIOS o ensino fundamental.
    Secretária; como o Estado gosta de fugir de suas responsabilidades.
    A sociedade paga altas taxas de impostos; impostos este que são mal aplicados pela UNIÃO, ESTADOS E MUNICIPIOS. São obras superfaturadas, desvio de verbas, licitações fraudulentas.
    Neste país se rouba de norte ao sul, de leste a oeste. Dinheiro para EDUCAÇÃO e SAUDE nunca tem.
    Os POLITICOS BRASILEIROS adoram que o povo seja analfabeto e não letrados. Conseguem mais votos. Saúde, porque aplicar em saúde, queremos que povo morra logo, assim temos menos problemas.
    Secretária, qual o salário de professora PEB-I em MINAS GERAIS?
    Secretária, você e o governo de Minas Gerais deveriam se envergonhar do salário que pagam.
    Porque não colocam dois professores nos primeiros anos do ensino fundamental. É caro?
    Porque PROGRESSÃO CONTINUADA. Isto não funciona vocês estão cansados de saber que não funciona e nunca vai funcionar.
    Faltam muitas ferramentas para que este projeto dê certo.
    Sua secretaria quer que os professores, sejam mágicos, que façam milagres, que corrijam erros de pedagogos que usam o ensino brasileiro como laboratório, crianças como cobaias.
    O projeto de PROGRESSÃO CONTINUADA , não vai dar certo, a culpa vai ser dos PROFESSORES, ou os pedagogos e sua secretaria irá assumir o erro.
    Secretária, o ensino fundamental do país não é um laboratório de teste e nem de tese para doutorados.

    ResponderExcluir
  2. Excelente análise! a educação mineira está aos cacos, com imposição de muitas responsabilidades sobre os profissionais da educação, principalmente os professores e eles ainda usam de avaliações e metas para avaliar resultados e esquecem que estão lidando com seres pensantes. É claro que os resultados não correspondem com a realidade, pois a escola tem gestores autocráticos que perpetuam no poder, democracia é pura farsa e muitas outras aberrações... Socorro!

    ResponderExcluir